Quando trocar o amortecedor

Carro, moto, bicicleta ou caminhão têm suspensão para absorver os impactos. Por isso, saiba quando trocar o amortecedor e guiar sempre com segurança.

Na maiorias das vezes, amortecedor e suspensão são mencionados como se fossem a mesma coisa. Mas, na verdade, eles são duas partes diferentes que atuam em conjunto e complementam um a função do outro. O amortecedor é responsável por manter o contato dos pneus com o solo, controlar os movimentos de abertura e fechamento das molas e proporcionar conforto, estabilidade e segurança ao veículo. Por isso, é importante saber quando trocar o amortecedor.

Quando trocar amortecedor

Os amortecedores foram desenvolvidos para controlar e reduzir os movimentos verticais bruscos e de rolagem do veículo. Os tipos mais conhecidos para os automóveis são o hidráulico e o pressurizado.

O tempo médio para trocar os amortecedores, recomendado pelo fabricante, é de 40 mil km. Mas isso não é uma regra fixa, pois é preciso observar o carro já que esses itens costumam dar sinais claros de que está na hora de substituí-los. E o desgaste depende, também, do tipo de uso que se faz do veículo e a qualidade da estrada em que ele roda.

É preciso ver se o problema não está na falta de pressão, o que pode ocasionar travamento da haste e impedir o funcionamento correto do amortecedor.

Preste atenção ao sinais que o automóvel dá. Por isso, recomenda-se fazer revisão a cada 10 mil km rodados. Fique atento e sempre compre peças de procedência confiável.

Não se esqueça de trocar essas peças das bicicletas, motocicletas e caminhões também para que absorvam os impactos.

Tipos de amortecedor e suas características

Amortecedor hidráulico

Esse tipo de amortecedor é equipado com óleo e ar e tem dois tubos diferentes: um que atua como reservatório e outro que faz a pressão. Ele funciona dos veículos mais leves aos mais pesados.

Para os modelos hidráulicos, é importante observar para ver se não está vazando óleo. Se isso acontecer, já passou da hora de trocar.

quando trocar o amortecedor_amortecedor_hidraulico

Veja várias opções de amortecedores hidráulicos

Amortecedor pressurizado

Ele é semelhante ao hidráulico, mas o ar interno é substituído por gás nitrogênio a baixa pressão. O selo que faz a vedação também é diferente para esse modelo. O amortecedor de nitrogênio possui uma peça para impedir que entre pó ou sujeira.

A vantagem dele é que o nitrogênio evita a formação de bolhas de ar no óleo que, quando ocorrem, podem ocasionar perda momentânea de carga do amortecedor. O gás também faz com que o amortecedor trabalhe mais rápido.

O resultado é uma melhora na performance quando o pneu entra em contato com a rua, garantindo mais dirigibilidade e segurança.

quando trocar o amortecedor_amortecedor_pressurizado

Confira uma seleção de amortecedores pressurizados

Amortecedor para bicicletas

É importante cuidar da manutenção de bicicletas também e isso inclui trocar os seus componentes se eles já tiveram atingido o seu pico de uso.

Os amortecedores para bicicletas apresentam diferentes modelos. O mais procurado é o básico. Ele tem 100 mm de curso e comporta freios V ou disco. Ele é um pouco mais pesado, mas nada que o impeça de cumprir a sua função e trazer mais estabilidade para a bike.

Essa opção possui cartucho hidráulico e controle de travamento, funciona com mola de aço de um lado e cartucho hidráulico de outro. Ela é indicada para bicicletas com aros de 26 e 29 polegadas.

O outro modelo é o sofisticado, que atende quem compete. Essa alternativa profissional é leve e ajustável, permitindo que você regule a altura entre 80 e 120 mm. Geralmente, você encontra versões fabricadas em titânio e fibra de carbono. Ele pode equipar aros de 26 a 29 polegadas.

Há também o intermediário: ideais para aventura e competição também. Ele é leve, muito funcional e com 100 mm de curso. As hastes desse amortecedor são de alumínio e ele não utiliza mola de aço. Nesse caso, o travamento do sistema hidráulico ocorre de maneira remota. Se você estiver em uma trilha e precisa encarar uma subida, não precisa abaixar para travar o amortecedor.

Vá até sua bicicletaria de confiança, mantenha a revisão da sua bike em dia, inclusive dos amortecedores. Na dúvida, pergunte a um especialista sobre quando trocar o amortecedor, pois varia de acordo com o fabricante e com o uso que você faz dela, se percorre muitas trilhas ou se usa esporadicamente. Mantenha tudo em dia e pedale sem instabilidade.

quando trocar o amortecedor_amortecedor_bicicletas
Encontre o amortecedor para a sua bicicleta

Amortecedor para motos

Muitos se preocupam com a aparência, a velocidade da moto e a customizá-la para deixar com a cara do dono. Mas se esquecem de aspectos importantes, como a suspensão e os amortecedores.

Eles previnem que a suspensão, como o todo, sofra danos, fique arriada e perca seu poder de atuação. Essa questão não é apenas conforto, foca na segurança e na estabilidade da moto.

Eles podem ser comparados a bombas de ar, só que repletas de óleo. O desempenho do êmbolo será melhor se a passagem do óleo estiver livre. E quando trocar os amortecedores? Se você utiliza a moto por longos períodos, o correto é fazer manutenção a cada 12 mil km. Para não sobrecarregá-los, o ideal é não exceder o peso permitido.

quando trocar o amortecedor_amortecedor_motos1
Compare os preços de amortecedores para a moto

Amortecedor para caminhões

Para quem dirige veículos pesados, como caminhões, absorver os impactos provocados pela suspensão é fundamental. O mesmo vale para carretas e ônibus por conta do peso que carregam e pelas más condições das estradas que os motoristas enfrentam diariamente.

Para saber quando trocar a peça, preste atenção nos sinais que o próprio veículo dá: oscilações mais bruscas, perda de estabilidade e balanço anormal ao arrancar. Muito barulho e vibração podem ser alertas também

O ideal é passar pela revisão depois de 10 mil km rodados, mas esse número pode variar conforme a condição do caminhão. Quando trocar o amortecedor, opte sempre pelo modelo original da mesma marca.

quando trocar o amortecedor__amortecedor_caminhao
Ache amortecedores para caminhões

Não se esqueça de fazer a revisão no seu veículo periodicamente e pergunte a um mecânico sobre quando trocar o amortecedor. Trata-se de uma peça fundamental para que você guie com segurança e garanta a estabilidade ao dirigir.

Ainda não faz parte do Mercado Livre? Cadastre-se!