As motos mais econômicas de 2019

Excelente alternativa para driblar os engarrafamentos as motos podem pesar no bolso. Veja as motos mais econômicas de 2019.

Data do texto sobre motos mais econômicas

Fácil de estacionar, não precisa de muito espaço na garagem para guardar, consegue fugir de grandes engarrafamentos e também é mais em conta do que os automóveis: a moto é um veículo de transporte que apresenta inúmeras vantagens e é cada vez mais usada tanto nas grandes cidades e capitais quanto em pequenos municípios do interior. Confira as motos mais econômicas.

Como deixar sua moto ainda mais econômica

Existem alguns truques que podem te ajudar a deixar a sua moto ainda mais econômica:

  • Mantenha os pneus calibrados: confira a calibragem dos pneus a cada 15 dias sempre que possível, usando a medida recomendada pelo fabricante. A moto gasta mais combustível com os pneus murchos, pois o atrito com o asfalto força o motor a trabalhar mais.
  • Mantenha a corrente ajustada e a relação da transmissão lubrificada: coroa, corrente, pinhão e rolamento das rodas muito secos, esticados ou frouxos causam um esforço maior e consequentemente aumentam o consumo de combustível.
  • Regule os freios: verifique, pelo menos uma vez por mês, se os freios não estão “pegando”. Com a moto no cavalete central gire as rodas para sentir se os freios estão prendendo. O atrito gera superaquecimento do sistema e acelera o consumo de combustível.
  • Não use a “banguela”: moto com injeção eletrônica não economiza quando roda em ponto-morto ou com a embreagem puxada. Para economizar basta desacelerar e deixar o motor reduzir com a marcha engatada. Dessa forma a injeção corta o combustível e o motor fica mais econômico.
  • Não acelere a moto parada: deixe a moto em ponto morto quando estiver parado.
  • Mantenha o filtro de ar limpo: verifique a cada 2.000 km o filtro de ar e limpe (ou troque) se for necessário. A sujeira impede a perfeita “respiração” do motor e aumenta o consumo.

Leia também: Dicas de melhores alarmes para seu carro e moto

Conheça os três modelos de motos mais econômicas de 2019

Suzuki Yes 125

A moto Suzuki Yes 125 possui indicador de marchas, hodômetro total e parcial, conta-giros e marcador de combustível. Destaque para o painel e a nitidez durante a direção noturna.

  • Consumo: 30 km/l
  • Cilindrada: 125 cc

Suzuki é uma das motos mais econômicas

Encontre sua Suzuki 125 e fuja do trânsito

Yamaha XTZ 125

Se você curte um estilo Offroad, mas também precisa rodar na cidade, a Yamaha XTZ 125 é a escolha certa, pois tem uma resposta ágil aos comandos do piloto.

  • Consumo: 33 km/l
  • Cilindrada: 125 cc

Yamaha é uma das motos mais econômicas

Escolha sua Yamaha XTZ 125 e saia rodando por ai

Honda Biz

Esse modelo, além de ser um dos mais econômicos, é também um dos mais baratos do país. A Honda Biz possui um custo-benefício atraente e uma direção leve e tranquila devido ao seu câmbio semiautomático.

  • Consumo: 52,9 km/l
  • Cilindrada: 109,1 cc

Biz é uma das motos mais econômicas

Veja nossos modelos de Honda Biz

Não esqueça de usar sempre os acessórios de segurança: capacete, luvas específicas, calçados de cano alto, além de joelheiras e jaquetas com proteção rígida para os ombros. Outra dica importante para os motociclistas é respeitar as leis de trânsito, a moto é um transporte um pouco mais vulnerável, por isso, cuidado em dobro.

Agora que você já sabe os equipamentos necessários que acompanham os motociclistas, é só escolher sua moto mais econômica e sair rodando por aí.

Ainda não faz parte do Mercado Livre? Cadastre-se!