Melhores Guitarras para iniciantes e profissionais

Veja quais as melhores guitarras para iniciantes e profissionais. Conheça os principais modelos e escolha o que mais combina com o seu estilo musical.

Data do texto Melhores guitarras

Existem inúmeros tipos e estilos de guitarras por aí mas, na hora de escolher qual comprar é importante pesquisar bastante afinal, não adianta ficar com cara de rockstar e fazer poses na frente do espelho se o som da sua guitarra não está bom. Confira a lista que preparamos com as melhores guitarras.

O que preciso saber antes de escolher entre as melhores guitarras

É essencial para os guitarristas conhecerem bem todos os aspectos das guitarras, pois isso irá ajudar a escolha no momento da compra. Veja aqui alguns fatores e diferenças entre os modelos mais comuns de guitarra no mercado, para que você possa escolher com segurança seu instrumento.

  • Captadores: Responsáveis por grande parte do timbre que a guitarra terá no final. Existem dois tipos de captadores predominantes no mercado, os Single Coils (bobina simples – captadores que possuem baixa impedância na saída, ou seja, têm menos resistência elétrica e possibilitam um som mais limpo, agudo e com pequenos ruídos quase imperceptíveis) e os Hambucker (bobina dupla – têm uma saída mais alta, sem ruídos e com um som mais encorpado).
  • Madeira corpo: Diferentes tipos de madeira resultam em sonoridades diferentes e se relacionam muito com a tocabilidade. Para a fabricação do corpo da guitarra as madeiras mais populares são a Ash, bem dura e com um timbre agudo muito bonito, mas que sofreu algumas restrições ambientais ligadas a extração da madeira; a Alder,madeira mais cara, mais pesada e com som mais equilibrado; a Mogno, um som muito consistente nos médios graves por ser uma madeira pesada, porém muito macia; o Cedro, que possui uma ótima relação custo/benefício e é uma excelente opção para quem está começando e o BassWood – uma madeira que alinha custo baixo com boa sonoridade.
  • Madeira braço e escalas: Encontrar uma boa relação entre o timbre que você quer, o peso da guitarra e o quanto está disposto a gastar por sua guitarra não é tarefa fácil mas é essencial. Para a construção dos braços e escalas, é muito comum encontrarmos as madeiras Maple – segura muito bem a tensão das cordas, além de ter uma coloração clara que agrada muitos guitarristas, Tauari Branco – bem semelhante ao Maple mas é um pouco mais leve e barato, Rosewood – com um tom avermelhado bem escuro, com um som bem encorpado nos médios, e riqueza sonora nas frequências altas e baixas, Jacarandá – oferece boa resistência à tensão das cordas. Pouco usado atualmente por ser uma espécie ameaçada em seu habitat natural e Ébano – som muito equilibrado em todas as faixas de frequência. Porém é uma madeira nobre, encarecendo o valor de guitarras.
  • Pontes: Existem 2 tipos mais comuns de ponte no mercado de guitarras; as fixas e as móveis. Sendo:
  • Ponte fixa: não tem movimento. Muito encontradas em stratos, possuem o ajuste de altura individual por corda e ajustes de regulagem por meio de carrinhos. A grande vantagem dessa ponte é manter seu instrumento afinado por muito mais tempo.
  • Ponte fixa Tune-O-Matic: É também uma ponte fixa, muito vista em guitarras Les Paul, e tem como grande diferença a divisão em duas partes: a ponte e o cavalete. Esse tipo de ponte não permite regular a altura das cordas individualmente, é preciso fazer o ajuste nos dois parafusos, um em cada ponta da ponte.
  • Ponte móvel Tremolo: Essas são as pontes mais comuns do mercado, e vêm com uma alavanca que, quando pressionada, causa uma alteração no tom afrouxando as cordas. Elas têm tanto o ajuste de altura como de regulagem individual de cada corda.
  • Ponte móvel flutuante (Floyd Rose): Pode alavancar tanto para frente quanto para trás, conseguindo produzir sons característicos do nosso bom e velho rock’n roll. Outro diferencial são as micro-afinações, que nada mais são do que ajustes finos na afinação do seu instrumento. Uma grande vantagem delas em relação às pontes Tremolo, é que elas seguram mais a afinação mesmo usando a alavanca.
  • Cordas: As guitarras mais conhecidas e mais vistas no mercado são as de 6 cordas, mas também podem ser encontrados no mercado 7, 8 e até 9 cordas e, dependendo do tipo de som que você está querendo fazer, elas podem ser uma boa opção.
  • Timbre: É interessante perceber que a combinação de todos estes fatores resultará em um timbre único, um som característico para cada modelo de guitarra. Cada estilo de música exige modelos específicos de guitarra, de acordo com seu timbre. Não se esqueça de levar em consideração a tocabilidade do instrumento, ou seja, o seu peso, o comprimento do braço, o formato, e claro, a guitarra tem que ser bonita, encher seus olhos, e te dar prazer ao tocar.

Melhores guitarras iniciante e profissional

Encontre as melhores guitarras

Leia também: As melhores marcas de microfone

Principais modelos de guitarra

Modelo Telecaster

Desenvolvido originalmente pela Fender, no início dos anos 1950, a Telecaster tem o corpo feito em madeira Alder. Também é comum que esse instrumento tenha braço e escala construído com uma única peça de madeira Maple. Outra característica é que o braço da guitarra é parafusado no corpo.

Em relação aos captadores apresenta basicamente dois single coils. Para completar, a guitarra conta com uma chave de três posições (braço, braço + ponte, ponto) e dois knobs, sendo um de tonalidade e outro de volume.

O timbre gerado por essa combinação de características é bastante singular e conquistou inicialmente os corações de artistas da música country americana. No entanto, outros estilos também têm uma relação íntima com a Telecaster, a exemplo do blues, rock e do jazz.

  • Captadores: Single coil
  • Madeira(s) Característica(s): Alder e Maple
  • Estilos mais característicos: Country, blues, rock e jazz

Melhores guitarras Telecaster

Veja aqui as opções de guitarra Telecaster para você.

Modelo Les Paul

Carro chefe da Gibson, esse é um dos tipos de guitarra mais conhecidos de todos os tempos. Uma das características mais marcantes desse instrumento é o corpo feito em madeira Mogno. O braço da Les Paul é colado no corpo, o que difere bastante dos tipos de guitarra da Fender. Essa característica influencia diretamente no timbre e no som que o guitarrista consegue tirar do instrumento.

A guitarra vem normalmente com dois captadores humbuckers, o que deixa o som “gordo”, ideal para quem gosta de tocar rock’n’roll carregado de distorção. Algumas Les Paul vêm com três captadores humbuckers ao invés de dois.

  • Captadores: Humbucker
  • Madeira(s) Característica(s): Mogno e Maple
  • Estilos mais característicos: Rock

Melhores guitarras Les Paul

Veja lista com as melhores opções de guitarras Les Paul.

Modelo Stratocaster

Criado pela Fender, em 1954, como uma derivação da Telecaster, a Strato, como é normalmente chamada pelos guitarristas brasileiros, tem três single coils. A guitarra vem com uma chave seletora que permite ao músico escolher entre cinco posições, o que agrega ainda mais possibilidades de timbres ao instrumento.

Em relação ao tipo de madeira com que é produzida, pode-se dizer que existem muitas variações. Originalmente, as Stratos americanas são feitas em Ash e Alder, mas no Brasil é comum encontrar modelos produzidos com Marupá, Cedro, Freijó, Basswood, Swamp Ash e até Mogno.

A versatilidade deste instrumento faz com que ele seja usado por músicos que tocam diferentes gêneros e estilos. Notadamente, guitarristas de rock, blues e funk se dão muito bem com a Stratocaster.

  • Captadores: Single Coil
  • Madeira(s) Característica(s): Ash e Alder
  • Estilos mais característicos: Rock, blues, funk

Melhores guitarras Stratocaster

Encontre a sua Strato aqui

Modelo SG

O corpo da guitarra SG é produzido com madeira Mogno e, usualmente, vem equipada com dois ou três captadores humbuckers. Além disso, a guitarra também tem controles individuais de timbre e volume para cada captador.

Dois fatos curiosos sobre a SG é que, apesar da captação idêntica a da Les Paul, o timbre desse instrumento é bastante diferente e SG vem das iniciais das palavras solid guitar (guitarra sólida).

  • Captadores: Humbucker
  • Madeira(s) Característica(s): Mogno
  • Estilos mais característicos: Rock

Melhores guitarras SG

Encontre a melhor guitarra SG

Modelo Flying V

O projeto da Flying V surgiu em 1957 com uma ideia da Gibson: criar instrumentos com design mais futurista. No entanto, a ideia não deu certo e já em 1959 a guitarra teve a linha de produção interrompida. O instrumento só voltou ao mercado no final da década seguinte.

A Flying V é uma guitarra que vem equipada com captadores humbucker, o que faz dela um modelo perfeito para quem quer tirar um som pesado. Em relação à madeira com que é construído, o instrumento normalmente usa Korina, que é da mesma família que o Mogno.

  • Captadores: Humbucker
  • Madeira(s) Característica(s): Korina
  • Estilos mais característicos: Rock

Melhores guitarras Flying V

Veja lista com as melhores ofertas de guitarras Flying V

Modelo Explorer

Lançada junto com a Flying V, no final da década de 1950, a Explorer teve a produção interrompida em 1963 por causa da pouca popularidade do modelo, mas em 1976 a Gibson voltou a produzir a guitarra. Isso aconteceu porque outras marcas começaram a produzir esse tipo de instrumento e obter sucesso na comercialização.

A Explorer é feita com madeira Korina e vem equipada com captadores humbucker.

  • Captadores: Humbucker
  • Madeira(s) Característica(s): Korina
  • Estilos mais característicos: Rock

Melhores guitarras explorer

Veja lista com todas de guitarra Explorer

Agora que você já conhece as melhores guitarras para iniciantes e profissionais é só escolher aquela que vai combinar com seu estilo musical e dedilhar a sua música favorita.

Ainda não faz parte do Mercado Livre? Cadastre-se!