#HistóriasQueMarcam: os livros preferidos da Jana Rosa

Autora de dois livros e empreendedora, Jana Rosa conta as #HistóriasQueMarcam e mudam a sua vida, carreira e negócios.

Histórias Que Marcam - A bienal é aqui

Sabe quando você se identifica com um livro em função do momento que está vivendo? Quando uma obra de ficção inspira mudanças na sua vida profissional? Pois é, com a Jana Rosa sempre foi assim. Influenciada pela família, ela sempre estava lendo alguma coisa e as reflexões provocadas por essas #HistóriasQueMarcam têm um papel super importante na sua trajetória.

Inquieta, divertida e inteligente, Jana já fez um pouco de tudo, mas foi a moda que sempre a encantou. Com passagens pela MTV e São Paulo Fashion Week (SPFW), passando por blogs e muitos canais nas redes sociais, ela escreveu dois livros que refletem seu jeito de ser e encarar a vida em parceria com a amiga Camila Fremder: “Como Ter Uma Vida Normal Sendo Louca” (2013) e “Enfim, 30” (2015).

Agora, se aventurando como empresária de moda à frente da marca “Agora Que Sou Rica” e com um novo projeto de conteúdo – o “Bonita de Pele”, Jana contou para nós as #HistóriasQueMarcam sua trajetória. Confira!

#HistóriasQueMarcam: os livros que mudaram a vida da Jana Rosa

Mercado Livre Ideias – Hoje você trabalha com moda à frente de uma marca e ao mesmo tempo toca um projeto de conteúdo focado em cuidados com a pele. Como é a sua relação com a moda atualmente? Como ela mudou com o passar do tempo?

Jana Rosa – Acho que mudou. Antes eu tinha uma visão mais romântica, de que a moda era uma forma de as pessoas mostrarem quem elas são, se expressarem. Não é que ela não tenha de fato esse potencial, tem sim. Mas hoje eu encaro a moda como um trabalho, de uma forma mais prática.

Mercado Livre Ideias – E existe algum livro que marcou seus momentos profissionais, que te inspirou a empreender?

Jana Rosa – Acho que não teve nenhum livro que me encorajou a ser empreendedora. Eu tive títulos que me encorajaram para outras coisas. Por exemplo, lembro que quando eu li o da Malala (Eu sou Malala, de Malala Yousafzai), eu fiquei muito tempo impactada, pensando qual era a minha função nesse mundo.

Eu gosto também de ler umas coisas mais diferentes, como livros sobre a história de pessoas da Coreia do Norte, que conseguiram sair de lá e contam como era crescer lá. Tem o livro “Para poder viver”, da Yeonmi Park, que fala de uma menina que lutou para sair da Coreia do Norte com o objetivo de sobreviver. Ela é comparada com a Malala, porque conseguiu fugir de lá e hoje trabalha com refugiados. Lembro que li esse livro quando estava de férias e chorei.

Tem um outro que se chama “Nada a invejar”, da Barbara Demick, que reúne histórias de várias pessoas que fugiram de lá, que também é muito parecido. Ele fala como elas perceberam que tinha alguma coisa diferente na vida delas, que talvez tivesse algo de errado acontecendo e que o “lado de fora” podia não ser exatamente como elas foram condicionadas a pensar.

Histórias Que Marcam - Nada-a-Invejar-Barbara-Demick

Encontre seu exemplar de “Nada a invejar” no Mercado Livre

Mercado Livre Ideias – Qual livro você indica para quem quer seguir a mesma carreira que você?

Jana Rosa – Eu nunca li um livro, seja sobre moda, sobre criar coisas, que tenha me aberto os olhos. Minhas leituras sempre foram muito variadas e elas me fizeram pensar na minha vida como um todo.

Óbvio que, às vezes, eu pego um livro específico sobre o meu trabalho. Por exemplo, como eu tenho um projeto de pele, tenho lido sobre rotina coreana ou alimentos que fazem bem para pele. Mas os livros que realmente me inspiram no dia a dia são livros que não têm nada a ver com isso. Que, ao ler, eu penso em outras coisas e me inspiro para minha vida.

“Cem anos de solidão”, do Gabriel García Márquez, foi um dos livros que mais mudou a minha vida profissional, porque eu repensei minha vida enquanto estava lendo e tomei um rumo. Quando eu criei a minha marca eu estava lendo esse livro, por exemplo, e não tem nada a ver com uma marca de moda.

Histórias Que Marcam - Cem-anos-de-solidão-Gabriel-García-Márquez

Veja uma seleção de edições de “Cem anos de solidão”

Mercado Livre Ideias – Se você pudesse escolher um livro que mais marcou a sua vida, qual seria?

Jana Rosa – Tem alguns livros que me marcaram muito. Por exemplo, eu sempre amei os livros do Chico Buarque e do Jorge Mautner. Então, “Estorvo”, do Chico e “Vigarista Jorge”, do Mautner estão entre os meus preferidos e eu reli várias vezes.

Mas o que mais marcou foi “Ensaio sobre a cegueira”, de José Saramago. Quando eu li esse livro, eu fiquei muito impactada. Lembro que eu sonhava que estava tudo branco igual ao livro e eu acordava sem saber onde estava.

Histórias Que Marcam - Ensaio-sobre-a-cegueira

Confira uma seleção de ofertas de “Ensaio sobre a cegueira”

Mercado Livre Ideias – Falando um pouco sobre os seus livros. De onde veio a ideia de escrever o “Como Ter Uma Vida Normal Sendo Louca”? Você sempre teve isso em mente?

Jana Rosa – Não, eu não tinha nenhum sonho de escrever livro. Mas, naquela época, eu ganhei o “É tudo tão simples”, da Danuza Leão. Quando estava lendo, comecei a conversar com a Cami – minha amiga que escreveu o livro junto comigo, sobre como o livro era absurdo e falei: “olha esse livro, é uma autoajuda absurda. E se a gente escrever uma autoajuda absurda, que não faz sentido para ninguém?”

E foi o que fizemos. Nós escrevemos uma autoajuda absurda, que não fez nenhum sentido. Um ano depois contrataram a gente para escrever um outro livro, qualquer um que a gente quisesse. Então, criamos o “Enfim, 30: Um livro para não entrar em crise”.

“Dentro de nós há uma coisa que não tem nome, essa coisa é o que somos.” – Ensaio sobre a cegueira, José Saramago

Histórias Que Marcam - Jana-Rosa

#HistóriasQueMarcam

Faça como a Jana Rosa e conte mais sobre seus livros preferidos com a hashtag #HistóriasQueMarcam! Aproveite e acompanhe o trabalho dela no Instagram.

Leia também: #HistóriasQueMarcam: as referências de Marina Viabone

A Bienal do Livro é aqui!

Não deixe de participar da nossa primeira Bienal do Livro 2018! O Mercado Livre estará nas quadras H048 e G048, próximo ao Salão de Ideias, entre os dias 3 e 12 de agosto, no Pavilhão de Exposições do Anhembi, em São Paulo. Garanta o seu ingresso e até lá!

Ainda não faz parte do Mercado Livre? Cadastre-se!