Qual celular é melhor: Samsung ou Motorola

Decidir qual fabricante atende às suas necessidades parece muito difícil. Para descomplicar, comparamos dois aparelhos que vão te ajudar a decidir qual celular é melhor. Confira!

Responder a pergunta sobre qual celular é melhor é um grande desafio. A corrida tecnológica atual é tão grande, que muitas vezes, os aparelhos se equiparam. Por isso, tomar a decisão entre um smartphone ou outro fica cada vez mais difícil.

A Samsung e a Motorola são concorrentes há anos e conquistaram uma legião de fãs ao redor do mundo. Mas se você ainda não conseguiu escolher um time, chegou a hora de analisar um comparativo entre as marcas.

Samsung ou Motorola: qual celular é melhor?

Inovação, modernidade, praticidade, preço. Essas são algumas das questões que usuários Samsung ou Motorola avaliam antes de mudar de aparelho ou de fabricante.

Antes de começar a análise, é necessário parar para pensar sobre as suas prioridades. Quais são as principais atividades que você realiza com o celular? A partir daí, fica mais fácil de decidir qual o melhor para você.

Samsung

A Samsung sempre foi relacionada à sofisticação e elegância. Em contrapartida, seus modelos sempre figuraram entre os mais caros do mercado.

Pensando nisso, a Samsung passou a desenvolver ótimos aparelhos básicos e intermediários que fazem sucesso no Brasil. A estratégia da marca faz todo o sentido para um país que possui a linha de intermediários sempre no topo de vendas do mercado.

A entrada da marca nesse mercado não significa que ela deixou de apresentar um visual elegante. Pelo contrário, os celulares mais baratos além de bonitos contam com ótimo desempenho e durabilidade.

Motorola

O ponto forte da Motorola sempre foi desenvolver celulares inovadores com bom custo-benefício. A marca vem conquistando o público mais jovem com design e funcionalidades modernos.
Desde então, a marca vem se renovando e se arriscando em novos mercados.

Atualmente, fabrica aparelhos pertencentes às três principais categorias: básico, intermediário e top de linha. Além disso, passou a apostar na sofisticação para bater de frente com os concorrentes.

Outro ponto que está presente no DNA da marca é a possibilidade de personalização de seus aparelhos. Desde os primeiros modelos da moda, como o V3, os celulares da Motorola são sinônimo de personalidade.

Qual o melhor celular intermediário

A competição entre as duas marcas é acirrada e quase impossível de ter uma conclusão exata. Para te ajudar a decidir, selecionamos dois celulares intermediários recentemente lançados pelas duas fabricantes e comparamos suas funcionalidades.

Galaxy J7 Pro

Tela

O novo aparelho da linha J7 apresenta duas novidades de tela. A primeira é o sensor de luminosidade, que era um recurso ausente nos aparelhos passados. O sensor funciona perfeitamente, ajustando o brilho ideal da tela de acordo com a quantidade de luz do ambiente.

A segunda novidade é o Always On Display. Um recurso que exibe as horas, data, bateria e notificações na tela de bloqueio, sem que seja necessário ativar todos os pixels. Essa é uma função que só estava presente nos modelos mais caros da marca. A concorrente já havia liberado a função para seus modelos intermediários passados.

O tamanho da tela é ótimo: nem muito grande nem muito pequeno. Isso faz com que o celular tenha ótima pegada e boa qualidade de imagem. O Galaxy J7 Pro conta com 5.5 polegadas, resolução de 1920 x 1080 pixels e tecnologia Super AMOLED. Isso significa que o painel exibe cores vívidas com ótima nitidez e brilho.

Design

A parte traseira do Samsung Galaxy J7 Pro é feita de uma tampa de metal que recobre as laterais. Isso garante um ar de sofisticação ao celular, além de deixá-lo mais robusto e bonito. A parte da frente conta com cantos arredondados, design que já vem fazendo sucesso nos aparelhos da marca.

Software

O sistema operacional do Samsung Galaxy J7 Pro continua sendo o Android 7.0 Nougat, uma atualização anterior ao seu concorrente. Mas isso não significa que o celular não apresenta um bom desempenho. Ele conta com outras características que são capazes de compensar isso.

O aparelho vem com a interface Samsung Experience 8.1, que garante uma usabilidade estável e recursos funcionais.  Outra funcionalidade importante é o modo pasta segura, que permite ocultar arquivos e aplicativos do restante do sistema, o garante maior proteção.

Câmeras

O ponto forte do Samsung Galaxy J7 Pro é a câmera frontal de 13 MP, que permite que o usuário tire ótimas selfies principalmente em ambientes claros. Para as fotos noturnas, existe um LED na parte frontal mantendo os registros com boa qualidade.

Por outro lado, a câmera traseira não apresenta resultados tão impressionantes. Com 13 MP e abertura de f/1,7, o J7 é capaz de tirar fotos de boa qualidade em ambientes bastante iluminados. Porém, apresenta um pouco de granulação no resultado final em fotos tiradas em ambientes escuros.

Desempenho e bateria

Não se preocupe com lentidão na hora de usar o J7 Pro, nem com aplicativos travando. O processador com oito núcleos Cortex-A53 de 1,6 GHz combinado a 3 GB de memória RAM consegue dar conta do recado.

A bateria é uma das melhores entre os modelos intermediários. Mesmo se você utilizá-lo intensamente, seus 3600 mAh não irão decepcionar e você ficará conectado até o fim do dia. O único ponto fraco do J7 Pro é a falta de carregador TurboPower, o que faz a recarga ser mais demorada do que seus concorrentes que possuem a função.

O armazenamento interno de 64GB com possibilidade de expansão para até 256 GB com cartão Micro SD são a cereja do bolo para o celular.

qual é o melhor celular_galaxy j7 pro

Encontre agora o seu Galaxy J7

Veja também: Samsung S9 vs S8: descubra vantagens de cada modelo

Moto G6

Tela

Pensando no conforto dos usuários que passam cada vez mais tempo conectados, a Motorola lançou a tecnologia Max Vision, uma tela expandida que promete mais nitidez para conferir planilhas, documentos, fotos e a realização de videochamadas em alta resolução.

Com um display de 5.7 polegadas e resolução de 1080 x 2160 pixels, o aparelho conta com proteção Gorilla Glass 3, que garante mais resistência ao material.

Design

Quando o assunto é o visual, o Moto G6 traz uma grande evolução para a linha. Com bordas finas no entorno da tela, o lançamento tem um design mais próximo de smartphones premium

No lugar do acabamento metálico do Moto G5, a sexta geração aposta no vidro 3D.

Software

Ao contrário da concorrente, o Moto G6 está um passo à frente quando o assunto é sistema operacional. Ele conta com a versão mais recente do Android, a 8.0 Oreo.

Câmeras

Se você é amante de fotografia, está acompanhando a tendência de celulares com câmera traseira dupla – que permite fotos com mais profundidade. A Motorola também está antenada e trouxe a tecnologia para o seu modelo intermediário. Combinando uma câmera de 12 MP com uma de 5 MP na parte de trás do aparelho.

Para os amantes de selfie, o aparelho não traz muitas novidades, mas conta com uma boa câmera de 8 MP.

Desempenho e bateria

Quando o assunto é desempenho, o Moto G6 não decepciona. Seu processador Qualcomm® Snapdragon octa-core de 1.8 GHz, permite realizar tarefas simultâneas sem travar o celular.

A bateria é um show à parte com seus 3000 mAh. Se o celular descarregar, não precisa de desespero: a tecnologia TurboPower™ permite que, com uma carga de 15 minutos, você ganhe até 6 horas de uso.

Membro da recém-lançada sexta geração da família de intermediários da Motorola, o Moto G6 promete combinar desempenho, imagens profissionais e bateria duradoura.

qual é o melhor celular_moto g6

Encontre o Moto G6 pelo melhor preço no Mercado Livre

Veja também: Moto G6: qual celular da família comprar

Compare e decida:

qual é o melhor celular_comparativo

Veja também: Qual celular comprar: veja o modelo ideal para você

Com todas essas informações ficou fácil decidir se você é #teammotorola ou #teamsamsung.

Ainda não faz parte do Mercado Livre? Cadastre-se!