Qual celular comprar? Veja o modelo ideal para você

Confira nossas dicas e saiba o que considerar na hora de decidir qual celular comprar.

São dezenas de opções disponíveis no mercado, mas além de decidir entre as principais fabricantes presentes no Brasil – Motorola, Apple, Samsung, LG, Asus, Sony e Alcatel -, você precisa considerar o uso que pretende fazer do aparelho antes de escolher qual celular comprar.

Dependendo das suas necessidades, o smartphone pode precisar de um processador mais robusto ou de um grande espaço disponível na memória. A dica é fazer uma lista das principais funções que você usa e relacioná-las com as tecnologias que ajudam o aparelho a ter a melhor performance.

Como saber qual celular comprar

Com a tecnologia cada vez mais acessível, existem aparelhos disponíveis para todos os gostos e bolsos. Não é preciso desembolsar uma pequena fortuna para ter em mãos um celular que atenda todas as suas necessidades.

Para evitar arrependimentos, o melhor caminho é se informar. Confira nossas dicas para escolher o seu novo smartphone.

Para quem ama assistir vídeos

Se você curte aproveitar o tempo livre para consumir conteúdos em vídeo no YouTube, Netflix, Google Play e outros, o tamanho e a resolução da tela são fundamentais.

Procure aparelhos com mais de cinco polegadas e com resolução Full HD (1920 x 1080 pixels). Embora sejam um pouco mais difíceis de manusear com uma única mão e de guardar no bolso, eles garantem melhor visualização de vídeos e fotos.

Fuja de celulares com display apenas HD (1280 x 720 pixels), pois a tecnologia foi superada e não responde bem às produções atuais prejudicando a experiência.

qual celular comprar_tela

Confira uma seleção de smartphones com telas a partir de cinco polegadas

Veja também: Samsung S9 vs S8: descubra as vantagens de cada modelo

Para quem quer registrar todos os momentos

Tem gente que gosta de tirar fotos de tudo, desde as famosas selfies até aquela comida super diferente que experimentou em um restaurante da moda. Se você faz parte desse grupo de pessoas que curte registrar todos os momentos e, é claro, compartilhar nas redes sociais, a performance da câmera deve ser prioridade na hora de escolher qual celular comprar.

Para suprir a demanda dos usuários por selfies perfeitas, as fabricantes têm investido em câmeras frontais com uma boa resolução (os famosos megapixels), ajuste de foco e flash. Alguns aparelhos contam com modo manual permitindo regular abertura, ISO e outras funções para conseguir o clique ideal.

Outra tendência são os aparelhos com câmera traseira dupla, que permitem fotos com cara de profissionais. Com eles é possível, além dos ajustes manuais, priorizar um plano da imagem, desfocando o fundo, por exemplo.

Veja também: Os celulares com as câmeras mais potentes do mercado

Para quem precisa de um celular rápido

Não tem nada mais chato do que aquele celular que trava exatamente na hora que mais precisa, não é mesmo? Se você é do tipo que usa vários aplicativos ao mesmo tempo, procure modelos com processadores com mais de quatro núcleos (quad-core) e velocidade acima de 1.2 GHz.

A lógica é simples, quanto mais núcleos, mais coisas seu smartphone poderá fazer ao mesmo tempo sem travar. Mas prepare o bolso: os processadores mais potentes do mercado costumam encarecer os aparelhos.

qual celular comprar_processador

Escolha o seu smartphone com processador quad-core no Mercado Livre

Para quem precisa ficar conectado o tempo todo

Se você faz parte do clube dos multiconectados, que postam tudo nas redes sociais, respondem e-mail do trabalho, usam o Waze ou o Google Maps para fugir do trânsito e dão sempre aquela olhadinha no WhatsApp, precisa de um smartphone que combina duas coisas: bateria de alta duração e compatibilidade com internet 4G.

Para atender a essa demanda, além da conexão, procure aparelhos cuja bateria tenha uma potência a partir de 2600 mAh.

Veja também: Celular barato com bateria que dura?

Para quem precisa de muito espaço

Seja para fotos, vídeos, documentos, aplicativos ou aquele joguinho que está fazendo a sua cabeça no momento. Quem gosta de ter tudo sempre à mão precisa de um smartphone que tenha uma boa memória RAM e uma capacidade de armazenamento (interno ou expandido) bem grande.

A memória RAM é responsável pelo processamento dos dados dos aplicativos. Por isso, escolha modelos com, no mínimo, 2GB. Já a capacidade de armazenamento, também conhecida como memória interna, é o espaço que você tem para guardar arquivos.

Existem no mercado aparelhos com até 128 GB de memória interna, com a possibilidade de aumentar essa capacidade utilizando um cartão de memória micro SD.

qual celular comprar_processador_memória

 

Para não faltar espaço, encontre seu cartão de memória no Mercado Livre

Se não perder suas imagens e arquivos é tão importante, não esqueça de manter uma cópia de segurança atualizada (backup) de tudo na nuvem. Aplicativos como o Google Fotos, DropBox, iCloud, Google Drive, entre outros podem te ajudar a otimizar o espaço do seu aparelho e também a recuperar esses dados caso aconteça algum imprevisto.

E por falar em imprevistos, não abra mão de contratar um seguro para o seu celular. Assim, você estará protegido nas mais diversas situações, dependendo dos termos previstos na apólice.

Seguro para celular: o que levar em conta ao contratar

Ninguém está livre de perder o celular, seja por distração, furto ou por algum acidente que inutilize o aparelho – um “mergulho” na piscina, por exemplo.

A verdade é que esses acontecimentos são cada vez mais comuns e, de olho em quem gosta de se prevenir, o mercado de seguros oferece as mais diversas opções de preços e coberturas para aparelhos novos e usados.

Entretanto, antes de assinar o contrato, é preciso ficar de olho em muitos fatos para não sair no prejuízo. Fizemos uma lista com o que você não pode deixar de observar antes de fechar negócio. Confira!

Será que vale a pena?

Essa é uma decisão muito pessoal e que deve considerar diversos aspectos. Antes de mais nada, reflita se o preço do aparelho justifica o valor do serviço.

Considere o uso que você faz do seu smartphone para dimensionar a cobertura ideal para o seu perfil. Verifique as facilidades oferecidas pela sua operadora para adquirir um aparelho novo – troca de pontos, programas de fidelidade etc.

Por fim, prefira contratar o seguro se o aparelho for novo, uma vez que algumas empresas não cobrem celulares que têm mais de um ano.

Como saber se a seguradora é boa?

A maioria das seguradoras opta por vender suas apólices através das varejistas parceiras ou das operadoras de telefonia, mas, em alguns casos, é possível contratar de forma direta. De qualquer maneira, é importante verificar algumas informações.

Quando a loja ou a operadora oferece o seguro no momento da compra, informe-se sobre o nome da seguradora. Dessa forma, você poderá verificar se ela é regulada pela Susep – órgão responsável pela fiscalização do setor de seguros privados.

Outra dica é procurar avaliações dos consumidores em redes sociais e sites como Reclame Aqui e Consumidor.gov.br.

Fique de olho na relação entre cobertura e preço

Leia atentamente o contrato e certifique-se de que todas as suas necessidades estão contempladas: roubos, furtos, danos decorrentes de quedas, problemas causados pelo contato com a água etc.

Outro ponto importante é saber o tempo de carência e o percentual que corresponde ao valor da franquia. E não se esqueça do tempo de entrega do novo aparelho em caso de sinistro.

O ideal é sempre pesquisar e fazer simulações com mais de uma seguradora, colocar tudo no papel e pesar os prós e contras antes de decidir.

Com essas dicas você está pronto para escolher um aparelho incrível e garantir a proteção sem cair em pegadinhas.

Ainda não faz parte do Mercado Livre? Cadastre-se!