Mercado Livre anuncia resultados do terceiro trimestre de 2018 com volume recorde de transações em seu braço fintech

Os pagamentos via Mercado Pago foram de 103,9 milhões pela primeira vez em um único trimestre, alta de 66,7%; O faturamento líquido do Mercado Livre foi de US $ 355,3 milhões, alta de 58,3% em moeda constante; O volume de vendas (GMV) atingiu US$ 2.995,1 milhões, alta de 27,9% em moeda constante; crescimento no Brasil foi de 33%, sustentando 12 meses consecutivos de aumento acima dos 30%

Mercado Livre (Nasdaq: MELI) (http://www.mercadolivre.com), líder na oferta de tecnologia para o comércio eletrônico na América Latina, divulga hoje seus resultados financeiros do terceiro trimestre deste ano, finalizado em 30 de setembro de 2018.

“Estamos fortalecendo nossa oferta de comércio tanto no ambiente online quanto offline, expandindo com êxito nossos serviços financeiros e ganhando tração nos mercados onde operamos atualmente. Como resultado, nosso negócio de pagamentos, particularmente no segmento fora do marketplace, teve um terceiro trimestre estelar, mantendo seu crescimento acelerado e ganhando ainda mais escala. Em setembro, pela primeira vez, não só o Mercado Pago processou mais pagamentos fora da plataforma do Mercado Livre do que no nosso próprio marketplace como o total de pagamentos via Mercado Pago ultrapassou a marca de cem milhões em único trimestre” afirma Stelleo Tolda, COO – Chief Operating Officer do Mercado Livre.

Excelentes resultados da unidade de negócios Mercado Pago:

  • O volume total de dinheiro transacionado via Mercado Pago alcançou US$ 4,6 bilhões, um aumento de 24,1% em dólares e de 59,1% em moeda constante, em relação ao mesmo período do ano anterior. O total de transações aumentou 66,7%, atingindo 103,9 milhões no trimestre.
  • A execução bem sucedida do processamento de pagamentos via Mercado Pago – tanto online quanto offline – fora do marketplace do Mercado Livre, deu-se graças à evolução dos serviços de meios de pagamento, mPOS e carteira digital mobile da fintech. O volume total de pagamentos fora da plataforma cresceu 87,8% em dólares e 152,1% em moeda constante, na comparação com o terceiro trimestre de 2017.
  • A maquininha Mercado Pago Point vem ganhando espaço como um dos negócios de maior crescimento no portfólio da companhia, respondendo por 45,6% do total de pagamentos fora da plataforma do trimestre e com um aumento de 636% do total do dinheiro processado no período.
  • A carteira digital atingiu um milhão de clientes ativos durante o mês de setembro, enquanto o volume total de pagamentos na Argentina, Brasil e México está crescendo acima de 100% ao ano em cada um desses mercados.

Resultados gerais das unidades de negócio de Marketplace e Mercado Envios:

  • Em relação aos resultados da plataforma de e-commerce, o volume de vendas (Gross Merchandise Volume – GMV) no site foi de US$ 2.995,1 milhões. Este valor representa um aumento de 27,9% em moeda constante.
  • O número de produtos vendidos aumentou 12,6%, para 83,5 milhões, contra 55,7% no mesmo período de 2017. A desaceleração anual é atribuída basicamente a dois fatores: a adoção de uma taxa fixa no Brasil de R$ 5 por venda de produtos com valor inferior a R$ 120 e a eliminação de anúncios abaixo de R$ 6, uma vez que alteramos os incentivos para que os usuários comprem itens com tickets mais altos.
  • O volume de compradores únicos cresceu 9,4% na comparação com o mesmo período do ano passado, contra 16,0% apresentado no segundo trimestre de 2018. Esta taxa de crescimento em declínio é atribuída principalmente a ajustes de preços que fizemos em nossa proposta de valor, incluindo a eliminação dos itens de baixo preço de nossas plataformas e o uso compulsório do Mercado Pago como meio de pagamento no Chile e na Colômbia, que também afetam temporariamente o crescimento dos compradores.
  • A oferta de produtos cresceu 58,8% no comparativo anual, atingindo 168,1 milhões de publicações ativas.
  • Continuando a transição para se tornar uma empresa “mobile first”, a penetração da telefonia móvel no volume de vendas cresceu 19,5% em relação ao ano anterior, representando 58,1% do total de GMV na plataforma.
  • No período, 54,3 milhões de artigos foram enviados por meio da unidade de negócios Mercado Envios, um aumento anual de 30,2%, impulsionado principalmente pelo aumento das opções de compra com frete grátis e o fortalecimento do programa de fidelidade Mercado Pontos.
  • Considerando apenas o resultado do Brasil, principal mercado da companhia, o GMV apresentou alta de 33% em moeda constante, sustentando 12 trimestres consecutivos de crescimento acima de 30%“. Nossa performance é ainda mais impressionante porque, segundo o Ebit, o mercado de e-commerce brasileiro como um todo tem crescido em média 12%, indicando que continuamos a ganhar participação no e-commerce, quase três vezes acima do padrão da indústria”, observa Stelleo Tolda.
Ainda não faz parte do Mercado Livre? Cadastre-se!