Como a gamification ajuda em sua estratégia de negócios?

A gamification para negócios pode te ajudar a resolver problemas do dia a dia de forma lúdica e simples, além de engajar seus colaboradores

Mercado Livre Experience 2018_Assinatura

É possível utilizar o caráter divertido dos games para solucionar questões do dia a dia de uma empresa ou até mesmo lidar com situações mais complexas? A resposta é sim! Este conceito se chama gamification (ou gamificação) e permite empregar a dinâmica dos jogos para engajar pessoas e resolver problemas.

O assunto fez parte da programação do Mercado Livre Experience 2018 e foi abordado por Marcel Leal, fundador da Opusphere, startup especializada em gamificação corporativa.

Mundo Real X Mundo Gamer

Segundo Leal, levar os atributos de um mundo mais lúdico para a realidade significa transformar tarefas do cotidiano em algo divertido e mais fluido. As tarefas repetitivas e cansativas passam a ser divertidas; o feedback que antes era esporádico torna-se constante e a autonomia dos colaboradores aumenta.

Sendo assim, os colaboradores trabalham mais engajados e motivados para lidar com as obrigações diárias.

Objetivos

Estabelecer objetivos na gamificação é fundamental. Esta etapa precisa ser bem definida para todos os envolvidos. Afinal de contas, ao começar uma disputa, é preciso saber aonde se quer chegar.

Feedbacks

O retorno sobre o desempenho de cada um é essencial, seja ele positivo ou negativo. É uma forma de direcionar a equipe no caminho certo. É por meio dos feedbacks que os estímulos são alimentados e impulsionam a busca por novas soluções de acordo com o nível de dificuldade.

Crie uma forma para dar um retorno concreto. Para cada fase que você planejou para a gamification, indique se o colaborador foi bem-sucedido ou não. Estabeleça critérios e um feedback para cada tipo de performance. Por exemplo:

  • Completou tudo com perfeição: chame esse colaborador e parabenize-o pessoalmente. Envie um e-mail para todo o time, destacando quem se sobressaiu.
  • A tarefa foi concluída, mas ainda precisa de alguns pontos de melhoria: aponte o que foi feito de correto, destaque os pontos positivos primeiro e depois avance para falar dos pontos de melhoria. Nesse caso, a comunicação deve ser individual e precisa ser feita pessoalmente.
  • Alguém não entendeu ou não concluiu: em uma conversa cara a cara, de maneira leve e objetiva, tente entender o motivo. Em tom encorajador, estimule o funcionário a avançar no “jogo” e destaque seu papel na equipe.

Quando o profissional sabe como está a sua performance, ele se dispões a fazer correções caso necessário ou persistir se sua estratégia estiver correta.

Recompensas

Por que não estabelecer premiações para quem se sair melhor? Reconhecer quem vai bem também faz parte do gamification, já que em um jogo o vencedor sempre ganha algo no final. Porém, é essencial manter um clima saudável de competição.

Nada de muito extravagante. Pode ser algo simples e significativo, que varie conforme o grau de dificuldade da tarefa resolvida.

Despertar motivação

Os jogos lançam desafios, aumentam a interação entre seus participantes e estimulam a conclusão de um objetivo. Dessa forma, geram um sentimento bom de independência nas equipes de trabalham, ao mesmo tempo que elas se entrosam mais e conduzem tudo em equipe.

Ao despertar a motivação, a tendência é que as pessoas aumentem seu foco, tracem uma e equilibrem a relação entre motivações e recompensas. Além disso, as estratégias divertidas gera outro resultado muito positivo: conhecer como as pessoas resolvem problemas.

Quer ficar de olho nas principais pautas de inovação, tecnologia e negócios? Não fique de fora do Mercado Livre Experience 2019. A edição já tem data marcada: 31 de agosto. E você já pode garantir seu ingresso no site mercadolivreexperience.com.br. Até lá!

Ainda não faz parte do Mercado Livre? Cadastre-se!