Microapartamentos: o que não pode ficar de fora da vistoria?

Na hora de comprar ou alugar um imóvel esteja atendo aos detalhes. Confira essas dicas e veja o que você não pode deixar de olhar!

Os imóveis compactos, chamados de microapartamentos, vem conquistando cada vez mais adeptos, especialmente nos grandes centros urbanos. Em função das suas dimensões reduzidas, eles pedem por uma decoração funcional e que garanta praticidade para o dia a dia do morador.

Normalmente, quem escolhe este tipo de moradia passa pouco tempo em casa e tem um estilo de vida mais agitado. Porém, não vale deixar a correria da rotina tomar conta na hora de escolher um apartamento para comprar ou alugar.

Para não deixar nada de fora na hora da vistoria, fizemos um check list do que você deve perguntar ao corretor e observar no imóvel antes de fechar negócio.

Check list para vistoriar um microapartamento

Os itens vistoriados em um microapartamento podem variar se você comprou o imóvel na planta, se adquiriu de um dono anterior ou se irá alugar o espaço.

Vistoria para imóvel comprado na planta

Quando compramos um imóvel na planta é preciso verificar se tudo está conforme prometido pela construtora. O ideal é que você tenha em mãos o “memorial descritivo”, dificultando a possibilidade de algum problema passar despercebido.

Durante a vistoria, lembre-se de verificar:

  • As condições gerais da parte elétrica, observando todos os pontos de iluminação, tomadas ativas e fiações;
  • Avaliar o acabamento e uniformidade das paredes e tetos. Se estão retos, com pinturas em bom estado, sem manchas ou bolhas;
  • Examinar revestimentos e rejuntes das áreas molhadas (cozinhas, banheiros, lavanderias e sacadas). Não esqueça de verificar o caimento da água para os ralos;
  • Testar toda a parte hidráulica e o esgoto para se certificar que não há entupimento de resíduos de obra;
  • Checar se as esquadrias, janelas e portas estão instaladas no prumo certo e se abrem e fecham sem dificuldades. Se houver itens de marcenaria, verifique também.

Após a visita, você irá assinar um termo de vistoria. Por isso, é importante estar acompanhado de um arquiteto ou engenheiro responsável para uma avaliação criteriosa de todos estes itens.

microapartamentos

Confira uma seleção de microapartamentos na planta disponíveis em todo o Brasil

Vistoria para microapartamento com morador anterior

Se você vai comprar um apartamento que já teve outros moradores é possível que a negociação seja mais flexível. Entretanto, a vistoria do imóvel é indispensável – inclusive para avaliar se o valor pedido pelo vendedor está de acordo com a entrega.

Fique atento à parte elétrica e hidráulica do local e busque por um espaço que atenda suas necessidades. Por exemplo, se para você é muito importante economizar na conta de luz, o apartamento tem que ter a possibilidade de instalar um aquecedor a gás no banheiro.

Vistoria para locação (aluguel)

Para alugar um apartamento é preciso verificar se as regras de utilização do espaço previstas em contrato atendem suas necessidades e se certificar quais adaptações são permitidas para personalizar o ambiente.

Avalie se o espaço tem a quantidade ideal de tomadas, se os ralos funcionam bem, se tem uma boa iluminação e ventilação natural e, é claro, se todas as luzes e torneiras estão em perfeito estado.

Como escolher o microapartamento ideal

Além desta vistoria mais técnica é preciso planejar a utilização do imóvel e compará-la com o seu estilo de vida. Para a arquiteta Mariana Crego, é importante “listar os objetivos e necessidades antes de escolher um microapartamento, além de priorizar os que tenham vista e uma ampla área comum. Assim, você pode circular por espaços maiores, caso se sinta muito preso em casa”.

Considere a distribuição dos ambientes

Para a arquiteta “não existe uma proporção ideal”, afinal, cada morador tem um gosto diferente. “Algumas pessoas preferem que tenha uma varanda grande e pouca área coberta, pois preferem estar ao ar livre. Enquanto outras, não necessitam sequer de varanda alguma”, explica.

O mesmo acontece quando pensamos no espaço destinado a sala, quarto e outros ambientes do imóvel. É importante sempre pensar no espaço que você quer passar mais tempo e na funcionalidade que precisará deste local. Se você gosta muito de cozinhar é importante buscar um microapartamento que privilegie a cozinha na distribuição dos ambientes.

microapartamento-divisórias

Encontre o seu microapartamento em Porto Alegre

Relacione o espaço ao seu estilo de vida

“Os microapartamentos entraram praticamente em ‘moda’ faz um tempo, mas como toda moda, é importante lembrar que eles não se encaixam perfeitamente bem na vida de todas as pessoas, pois cada um tem seus costumes, manias e necessidades. Portanto, a primeira coisa para checar a metragem de um apartamento é listar o que você espera dele”, ensina Mariana.

Faça uma lista com seus hobbies, a quantidade de coisas que precisa guardar e se vai ocupar o imóvel sozinho ou não. Essa lista vai ajudar você a entender se um espaço compacto faz sentido para o seu estilo de vida ou se é melhor buscar ambientes mais amplos.

Para a arquiteta é importante considerar sempre a luz e a circulação natural de ar antes de decidir por este tipo de imóvel. “Microapartamentos são lindos em mostras, mas na vida real sugerem um certo confinamento, portanto evite os que tenham pouca iluminação e ventilação natural. Evite as unidades que ficam muito próximas aos vizinhos laterais ou de fundo”, indica.

microapartamentos-personalidade

Veja uma seleção de microapartamentos no Rio de Janeiro

Saiba como deixar o microapartamento mais aconchegante

O grande barato dos microapartamentos é a versatilidade. Usando os móveis como divisórias, você pode escolher entre afastá-los explorando o chamado plano aberto do apartamento ou criar ambientes a partir da compartimentação. “Quanto mais integrado, mais noção de amplitude ele dará. Por outro lado, um item fora do lugar, e a casa já fica com cara de bagunça. Além disso, nem sempre queremos deixar a privacidade do quarto a mostra ou até mesmo a cozinha, então ter a possibilidade dos dois cenários é muito útil”, explica a arquiteta Mariana Crego.

A dica é sempre evitar os excessos. A sensação de aconchego ficará nos detalhes e no uso de cores claras na decoração

Abuse da criatividade para compor os ambientes, seja usando móveis planejados ou explorando combinações com nichos. O importante é preservar a praticidade e funcionalidade do imóvel.

 

microapartamentos-móveis

Quer morar na Bahia? Encontre microapartamentos para comprar ou alugar

Se você também se apaixonou pelos microapartamentos, se jogue nessa moda sem medo de errar!

Ainda não faz parte do Mercado Livre? Cadastre-se!