Dicas para não cair em roubadas ao alugar a casa de verão

Evite dores de cabeça ao tomar alguns cuidados na hora de alugar uma casa para curtir as férias, feriado ou final de semana.

Dependendo da quantidade de pessoas e do local que deseja visitar durante as férias ou feriado, alugar um imóvel acaba sendo mais barato e prático do que ficar em um hotel. Os benefícios são muitos: ter privacidade para curtir o descanso como bem entender, fazer parte da vizinhança durante o período de estadia, cozinhar as próprias refeições, hospedar-se em uma área bem localizada e, claro, o custo-benefício.

Porém, se estiver alugando o imóvel pela primeira vez e não existir a possibilidade de visitá-lo antes de fechar o negócio, seja por falta de tempo ou por estar localizado em outro estado ou país, é preciso dobrar a atenção para não alugar uma casa que esteja abaixo das expectativas ou, pior ainda, cair no golpe de reservar um local que não existe.

Veja dicas para não cair em roubadas ao alugar a casa de verão

Utilize sites de confiança

Grande parte dos casos de fraude locatária acontecem por conta de roubo de identidade virtual, ou seja, uma pessoa copia as informações e fotos de um imóvel e publica em uma plataforma. Para evitar dores de cabeça, escolha sites de confiança que podem te oferecer suporte caso desconfie de algo. Quem administra o site poderá investigar o caso e contatar o anunciante se houver alguma infração.

alugar a casa de verão piscina

Encontre a sua casa de temporada no Mercado Livre

Procure opções com antecedência

Quanto mais cedo fechar negócio, melhor. Dessa forma, você garante os melhores imóveis disponíveis por preços mais baixos. Além disso, com a aproximação de feriados e férias, também aumentam as oportunidades duvidosas: sabe aquela oferta de um casarão muito bem localizado que está ainda mais barato do que outras casas básicas? Ela normalmente surge quando a procura está em alta, portanto, fique de olhos bem abertos.

Estude o anúncio

Preste atenção nos mínimos detalhes. Leia a descrição do imóvel com cautela, observe foto por foto e tire todas as dúvidas que tiver com o proprietário. É melhor entrar em contato com, no mínimo, três locadores para poder comparar o atendimento e as características do local. Guarde todas as informações do anunciante, salve as fotos e a URL do site para eventualidades no futuro.

Compare os anúncios

Desconfie de ofertas muito baixas para casas de alto valor e bem localizadas. Procure por outras oportunidades com o mesmo parâmetro para saber se estão muito divergentes.

Outro fator a levar em consideração é a época do ano em que deseja alugar. Dificilmente a diária para um final de semana comum será a mesma para um feriado como o Carnaval, por exemplo. Antes de fechar o negócio, tenha certeza de que aquela casa dos sonhos, com piscina e vista para o mar, não se tornará um pesadelo no futuro.

Faça um contrato detalhado

Mesmo que a locação seja para poucos dias, é importante assinar um contrato para oficializar a prestação de serviço para garantir a segurança de ambos. Coloque todas as informações acordadas: data da locação, valor, regras da casa, forma de pagamento e até mesmo uma lista dos itens que constam nos imóveis, como materiais de cozinha e objetos de valor. Peça para que o anunciante anexe um comprovante de residência válido, assim como fotos da propriedade, caso você não consiga visitá-la antes do período de locação. Dessa forma, é possível comparar a realidade com o que foi anunciado e lutar pelos seus direitos caso seja muito diferente do que esperava.

Confira todos os detalhes da casa

Quando chegar, confira tudo o que está descrito no contrato ao lado do locador, se possível. Isso evita que ele peça por algo que antes não estava descrito no contrato.

Preste atenção ao funcionamento das funções. Se tiver algo quebrado, como lâmpadas, vidros, problemas de vazamento ou porta emperrada, notifique o responsável no mesmo momento. O cuidado deve ser redobrado em casas de praia, que costumam ficar fechadas por muito tempo e sofrem com o desgaste da umidade e maresia. Dessa forma, você assegura que não precisará pagar por incidentes que foram causados por outra pessoa.

Pesquise referências

A vantagem dos sites de anúncio de aluguel para temporada é que a maioria possui uma área de feedback, onde hóspedes anteriores podem deixar as impressões que tiveram da casa. Quanto maior for o número de usuários com impressões positivas, mais confiável.

Outra forma de buscar referências é pedir o contato de hóspedes passados para o proprietário. Não tenha medo de mandar uma mensagem ou e-mail para ter certeza de que está fazendo um bom negócio.

A melhor forma de alugar um bom imóvel é a partir de referências próximas. Dê preferência para uma casa que algum amigo ou familiar já se hospedou anteriormente.

Conheça a vizinhança

Se ainda não conhece a cidade em que irá se hospedar, procure saber mais informações sobre o bairro. Pesquise se existem comércios ao redor, como padaria, farmácia e mercado.

Ao observar o endereço no GPS, também é possível saber a distância entre o local e os pontos turísticos, como praia ou cachoeira.

Caso queira maior riqueza de detalhes, pergunte tudo o que achar importante ao anunciante e peça recomendações aos amigos e familiares nas redes sociais, afinal, informação nunca é demais!

alugar a casa de verão vizinhos

Encontre a sua casa de temporada em Florianópolis

Conheça as regras do prédio ou condomínio

Se o local tiver área de lazer em comum, como piscina, quadra e sauna, certifique-se de que os moradores temporários podem usufruir de todos esses serviços. Existem prédios e condomínios que só permitem a utilização do proprietário e seus familiares. Uma das roubadas ao alugar uma casa de temporada é não ter essa regra descrita no anúncio ou contrato, criando a ilusão de que você poderá aproveitar todas as áreas de lazer. Não vá passar seu merecido descanso em um local que não oferece tudo o que deseja.

alugar a casa de verão regras

Veja opções de prédios para alugar em temporada na Praia Grande (SP)

Presença de pets

Caso o seu bichinho de estimação vá te acompanhar na viagem, a primeira pergunta a se fazer é se aceita a presença de animais. Dessa forma, será mais fácil selecionar os locais que atendem à sua demanda sem dor de cabeça.

alugar a casa de verão pets

Confira uma seleção de imóveis para alugar em temporada no Rio de Janeiro

Peça um detalhamento de todos os gastos

A maioria dos contratos de aluguel de temporada já incluem gastos básicos, como IPTU, condomínio, gás e eletricidade. Porém, existem anunciantes que não deixam isso claro. Evite gastos extras ao perguntar e deixar detalhado todos os itens inclusos no valor final.

A maioria dos contratos pedem por uma parcela do pagamento antecipado, por isso, não se assuste caso precise dar esse sinal. Faça isso depois de ter certeza absoluta de estar fazendo um bom negócio.

Respeite a quantidade de pessoas

Se o anúncio especificar que suporta dez pessoas na casa, não tente viajar com onze. Os inquilinos extras podem ser barrados pelo responsável ou serem motivo de cobrança de multa. Caso sinta abertura para tal, negocie a quantidade de pessoas com o proprietário: diga que, se possível, você fica responsável por levar um colchão a mais para o local. Caso a resposta seja negativa, não force a barra.

Lista de objetos

Pergunte quais objetos você precisa levar e quais estão disponíveis para uso: lençol, travesseiro, cobertor e utensílios de cozinha podem ser negociados. Certifique-se de trazer todos os objetos pessoais de volta.

Honestidade em primeiro lugar

Caso quebre algum objeto ou perceba algum defeito durante a estadia, avise o dono imediatamente. Dependendo do ocorrido, ele tem a obrigação de consertar. Em outros casos, você deverá pagar o valor do objeto ou substituí-lo.

Adaptadores

Antes de fazer as malas, certifique-se sobre o formato da tomada e suas voltagens. Dessa forma, você evita surpresas e pode acrescentar um adaptador e transformador à bagagem.

Como proceder caso caia em golpes

Você foi vítima de um golpe mesmo depois de tomar todos os cuidados possíveis? Então chegou a hora de tomar as devidas providências.

Caso chegue ao local e a casa não exista, registre um boletim de ocorrência na delegacia com fotos e o contrato assinado. Se a casa for muito diferente do que está descrito no anúncio, nem sempre é necessário tomar atitudes judiciais. Converse com o proprietário para chegar a um acordo de desconto ou de estadia gratuita no futuro.

O Procon só pode ser acionado caso o consumidor seja vítima de um golpe com locador pessoa jurídica. Caso o contato inicial tenha sido feito a partir de um site, ele se torna responsável apenas se oferecer algum tipo de negociação entre ambas as partes. Se o site servir apenas como facilitador de anúncios, ele fica isento de qualquer responsabilidade.

Todo cuidado é pouco para ter a certeza de que irá desfrutar de um imóvel de qualidade durante seu descanso. Siga todas as indicações e feche o negócio apenas se tiver 100% de confiança no anunciante.

Ainda não faz parte do Mercado Livre? Cadastre-se!