Casa Sustentável: como construir ou adaptar um imóvel

Aderir a um projeto de casa sustentável pode ser mais simples e barato do que se imagina. Confira nossas dicas!

As constantes mudanças climáticas e desastres ambientais têm levado cada vez mais pessoas a repensarem seus estilos de vida e, principalmente, sua relação com o meio ambiente. Para quem busca formas de reduzir impactos negativos na natureza, viver em uma casa sustentável é uma excelente escolha.

Ela pode ser projetada desde antes da sua construção, seguindo os princípios de sustentabilidade ou adaptada. Mas, independente da situação, o foco será sempre dividido entre respeitar o meio ambiente e garantir o bem-estar dos moradores.

O que considerar na hora de construir uma casa sustentável

Se você acha que sustentabilidade e obras não combinam, está na hora de rever os seus conceitos. Investir na construção de uma casa sustentável pode ser mais fácil e barato do que imagina.

Não sabe por onde começar? Aproveite as dicas abaixo:

O projeto

O primeiro passo é procurar um engenheiro que tenha experiência nesse tipo de construção e um arquiteto para que, juntos, possam fazer o projeto da sua casa verde. Avaliando os impactos na região, o terreno e, especialmente, os materiais que serão utilizados.

Os materiais

Escolha matérias-primas recicláveis ou biodegradáveis. Se o projeto incluir madeira, busque as certificadas, que vêm do reflorestamento feito pelo chamado manejo sustentável – quando as árvores são cortadas em locais estratégicos para que uma área não seja desmatada de uma única vez, ao mesmo tempo que outras são plantadas no lugar mantendo a floresta viva.

Considere também a forma de descarte ou reaproveitamento dos entulhos. Isso reduz o impacto de resíduos no meio ambiente.

Energia Solar

Pensar a produção e a utilização de fontes alternativas de energia também faz parte de um projeto de construção sustentável. Por isso, não deixe os painéis solares de fora dele. Além de fazer bem ao meio ambiente, as placas reduzem o consumo de energia elétrica.

casa sustentável_painel solar

Confira uma seleção de painéis solares disponíveis no Mercado Livre

Telhado verde

Para garantir equilíbrio da temperatura da casa, a dica é transformar o telhado em um belo jardim. Ele funciona como um isolante térmico, protegendo das altas temperaturas no verão e mantendo o clima agradável no inverno.

Recursos hídricos

Uma casa sustentável precisa oferecer aos moradores soluções para economizar água. Por isso, é importante incluir no seu projeto itens que ajudem a evitar o desperdício, como: uma descarga com caixa acoplada e dois botões para liberar volumes diferentes de água, torneiras com aerador – uma espécie de “chuveirinho” que garante uma menor vazão de água -, e um sistema de coleta e reaproveitamento da água da chuva.

Pode parecer complexo, mas utilizando calhas, cisternas e um filtro, você pode recolher e reutilizar a água para regar o jardim, lavar o carro, limpar o quintal ou até mesmo na descarga dos vasos sanitários.
casa sustentável_sistema de coleta água

Encontre o filtro ideal para o seu sistema de reuso de água da chuva

Saiba como transformar o seu imóvel em uma casa sustentável

Além da substituição de vasos sanitários e torneiras e da instalação de um sistema de coleta de água e placas de energia solar, você pode adaptar sua casa deixando-a mais amigável ao meio ambiente com atitudes simples:

Consumo de energia

Repense o consumo de energia da sua casa e encontre formas de economizar. O primeiro passo pode ser a substituição de seus aparelhos eletrônicos e eletrodomésticos pelos que têm o selo Procel, indicando melhor eficiência energética.

Instalar toldos nas janelas ajudam a deixar o ambiente mais fresco, evitando o uso de ventiladores e do ar condicionado. Outra dica é usar lâmpadas fluorescentes ou de LED em seu projeto de iluminação. Elas são bem mais econômicas e duráveis do que as incandescentes.

casa sustentável_lampada de led

Economize na conta de luz e faça bem ao meio ambiente usando lâmpadas de LED

Invista em um jardim

Seja em casa ou em apartamentos, espalhe plantas por todos os cômodos. Elas ajudam na renovação do ar e trazem uma atmosfera saudável para o ambiente. Se o espaço for pequeno, jardins e hortas verticais são uma ótima opção.

Adote atitudes sustentáveis

Além de preparar sua residência para interagir de forma harmoniosa com o meio ambiente, é fundamental a rotina dos moradores ser um reflexo do conceito de casa sustentável.

Separamos algumas atitudes que traduzem o “pensamento verde”. Confira:

Coleta Seletiva

Quando falamos em reciclagem é comum pensar que você precisará de inúmeras lixeiras coloridas para separar metais, vidros, plásticos, sobras de comida etc. Entretanto, essa é apenas uma das maneiras de fazer coleta seletiva.

Para simplificar, você pode ter apenas duas lixeiras: uma para o descarte dos orgânicos e outra para colocar os materiais recicláveis. Dessa forma, você impacta pouco a sua rotina, mas faz um bem enorme para o meio ambiente. Basta direcionar os resíduos que podem ser reciclados para cooperativas especializadas e eles cuidarão do resto do processo.

casa sustentável_coleta seletiva

Compre suas lixeiras de coleta seletiva e comece a separar os resíduos da sua casa

Composteira

Outro jeito sustentável de reaproveitar o lixo é realizar o descarte de resíduos orgânicos em uma composteira. Assim, os restos de borra de café e cascas de fruta, por exemplo, se tornarão adubo e fertilizante que você poderá doar ou usar em suas próprias plantas.

Para montar uma composteira basta seguir cinco passos simples:

  1. Compre três caixas de plástico empilháveis com tampa, respeitando os seguintes tamanhos: 30 x 40 x 15 cm de altura para famílias com até duas pessoas. / 45 x 60 x 30 cm de altura para famílias com até cinco pessoas;
  2. Fure o fundo de duas caixas com buraquinhos de aproximadamente meio centímetro de diâmetro;
  3. Em uma das caixas furadas, coloque um pouco de terra e as minhocas (cerca de meio litro), e enterre o material orgânico (úmido) misturado com o dobro de material seco;
  4. Empilhe as três caixas e tampe. A vasilha furada deve ficar em cima, a cheia no meio e a sem furos embaixo, para armazenar o chorume gerado durante a compostagem. É esse líquido que você poderá usar como fertilizante;
  5. Quando a caixa do meio se encher completamente, passe-a para cima e coloque a que estava em cima no meio.

As minhocas ficam no andar superior, trabalhando para produzir o húmus, o lixo orgânico na caixa vazia e o chorume escorre para a caixa debaixo, mantendo o adubo seco.

Reduza o desperdício

Seja de água ou de luz, evitar o desperdício tem um impacto positivo no meio ambiente e no seu bolso, uma vez que a contas tendem a reduzir de valor.

Para economizar água, por exemplo, a dica é controlar o tempo no banho e evitar deixar a torneira aberta quando estiver escovando os dentes ou passando sabonete.

Pode parecer difícil ter uma vida sustentável, mas nem só de sacrifícios se faz uma rotina verde. A interação e o contato mais próximo com a natureza resultam em ambientes confortáveis, ventilados e saudáveis. E a consequência de uma casa sustentável é o aumento expressivo na qualidade de vida dos seus moradores e da vizinhança.

Ainda não faz parte do Mercado Livre? Cadastre-se!