Aquecedor a óleo vs aquecedor elétrico: qual escolher?

Para se esquentar durante os dias mais frios, saiba como escolher entre aquecedor a óleo ou elétrico.

O inverno está chegando e todo mundo está buscando por alternativas para manter a casa quentinha e confortável mesmo com a temperatura caindo. Além de um bom cobertor e um par de meias quentinhas, escolher um aquecedor pode te ajudar muito nesse momento.

Existem diversos modelos que funcionam de maneiras diferentes. Um deles, certamente, irá combinar com o que você está procurando. Para te ajudar a escolher entre aquecedor a óleo ou elétrico, nós contamos as vantagens e desvantagens de cada modelo.

Aquecedor a óleo vs aquecedor elétrico: qual escolher?

Aquecedor a óleo

O investimento inicial para um aquecedor a óleo é mais alto do que o elétrico, porém, é mais eficiente e econômico no dia a dia. Funciona a partir de uma resistência que aquece o óleo presente em seu interior. Mas, não se preocupe, o líquido já vem de fábrica e não é necessário trocá-lo ao longo do tempo.

A climatização acontece a partir da troca de calor do aparelho com o ambiente, por isso, demora mais para aquecer. Por outro lado, mantém o ambiente aquecido por mais tempo do que os aquecedores elétricos, o que pode refletir na conta de luz no final do mês. Outra vantagem é que ele não resseca o ar, o que é ótimo para as pessoas com problemas de respiração.

É ideal para espaços pequenos e médios, dependendo do modelo. A maioria conta com alça e rodinhas para facilitar o transporte entre os cômodos. Ou seja, não precisa se preocupar se deseja esquentar a sala e depois o quarto, basta levar o aquecedor com você!

Para quem tem sono leve, a boa notícia é que o aquecedor a óleo não emite som nem luminosidade, ideal para quem gosta de dormir em ambientes extremamente escuros.

Existem modelos que contam com termostato, dispositivo automático que mantém a temperatura constante, e desligam quando chegam na temperatura ideal. Há ainda modelos que possuem controle remoto e função “timer” para programar o tempo que deseja que o aquecedor funcione.

A maioria dos aparelhos possui três níveis de potência: baixo, médio e alto. Mas não se esqueça: o aquecedor a óleo não pode ficar em locais úmidos, como banheiros.

Aquecedor a óleo vs aquecedor elétrico benefícios

Confira os modelos de aquecedores a óleo disponíveis no Mercado Livre

Leia também: Aquecedor a óleo: saiba como funciona e qual marca escolher.

Aquecedor elétrico

Existem três tipos diferentes de aquecedores elétricos. O incandescente é o mais barato do mercado, sendo que o seu preço varia de acordo com o tamanho e potência.

A resistência fica muito próxima do ar, por isso, aquece o ambiente mais rápido. Em contrapartida, resseca um pouco o ambiente. É indicado para cômodos pequenos, pois o calor emanado pela resistência se concentra nas proximidades do aparelho.

Quem não gosta de dormir com algum tipo de luz dentro do quarto pode se incomodar com o fato de que o aquecedor emite uma luminosidade avermelhada quando está ligado. Por outro lado, não emite ruído algum.

Já o aquecedor halógeno usa gás halogênio para potencializar o aquecimento da resistência. É bastante silencioso, mas emite certa luminosidade. Também é indicado para ambientes pequenos por conta de seu alcance baixo.

Os modelos halógenos não podem ficar em ambientes muito úmidos e precisam estar posicionados a um metro de distância das paredes, cortinas e estofados. Para não estragar o piso de madeira, a dica é colocar uma peça de cerâmica por baixo.

Por fim, o aquecedor elétrico termoventilador funciona da mesma forma de um ventilador, porém, conta com uma resistência incorporada à hélice que faz com que o ar quente circule pelo ambiente. Como é capaz de espalhar melhor o ar, pode ser usado em ambientes pequenos a médios.

O termoventilador não aquece do lado de fora, por isso, é mais seguro para quem tem crianças e animais dentro de casa quando comparado aos outros modelos. Porém, é necessário ter cuidado com as hélices.

Esse modelo faz o mesmo barulho de um ventilador. Então, se você não gosta de barulho na hora de dormir, pode se incomodar com isso. A vantagem é que possui regulagem para ar frio, ou seja, ele também pode ser usado nos dias mais quentes como um circulador comum.

A principal desvantagem dos aquecedores elétricos é que, independentemente do modelo, eles diminuem a umidade do ar.

Aquecedor a óleo vs aquecedor elétrico vantagens

Compre agora o seu aquecedor elétrico

Leia também: Aquecedor elétrico: como funciona e qual marca escolher.

Conheça outros modelos de aquecedor

Além dos dois modelos mais conhecidos, existem outras opções que também são ótimas para manter o ambiente quente durante o inverno.

Aquecedor cerâmico

Funciona através de uma resistência envolta em cerâmica, que retém o calor e o dissipa através de uma ventoinha. A cerâmica é capaz de reter o calor gerado, por isso, esquenta o ambiente mais rápido do que os modelos a óleo e elétrico.

Emite um barulho semelhante ao ar-condicionado que costuma incomodar àqueles com sono leve. Podem ser encontrados de dois jeitos diferentes: portátil ou embutido na parede, como um ar condicionado.

Alguns modelos contam com termostato que desliga quando o aparelho alcança a temperatura ideal, o que ajuda a economizar energia. Outros vêm com controle remoto, função “timer” e programação de temperatura.

Graças ao revestimento de cerâmica ao redor da resistência, esse modelo resseca menos o ar do que o aquecedor elétrico e é indicado para ambientes médios e grandes. A desvantagem é que o preço costuma ser mais elevado em comparação com os modelos acima.

Aquecedor a gás

Os modelos mais comuns são indicados para ambientes grandes e abertos, como a área externa da casa ou até mesmo restaurantes. São pesados e muito mais caros do que os menores.

Existem ainda em versões “portáteis”, porém, mesmo essas versões menores precisam do botijão para abastecimento, exigindo que o aquecedor esteja posicionado em ambiente ventilado. Por questões de segurança, todos os aquecedores à gás não devem ser utilizados em locais fechados.

Climatizadores de ar

Servem tanto para esquentar quanto esfriar o ambiente. Funcionam de forma semelhante ao ar-condicionado, a diferença é que o climatizador é uma espécie de ventilador com um reservatório de água em que o ar é puxado e enviado ao ambiente carregado de gotículas de água evaporadas e, assim, a temperatura do ambiente reduz ou aumenta. Já o ar-condicionado capta o ar externo, refrigera e substitui o ar quente do ambiente por ele.

Custam mais do que os aquecedores, porém, são mais versáteis. Em comparação com o ar-condicionado, os climatizadores são portáteis e mais econômicos.

Ar-condicionado reverso

Ao usar a palavra “ar-condicionado”, é normal fazer a relação com resfriamento de ambientes. Porém, o ciclo reverso faz com que esse aparelho seja útil também nos dias mais frios. Isso significa que, ao invés de substituir o ar quente pelo frio, ele irá substituir o frio pelo quente.

Investir em um aparelho desse durante o inverno pode ser sinônimo de desconto, afinal, a procura é mais alta durante o verão. A vantagem em comparação com os aquecedores é o alcance, já que o ar-condicionado consegue esquentar ambientes maiores, além da versatilidade. Por outro lado, esse é um investimento mais alto que também tem impacto na conta de luz.

Com todas essas informações, você está pronto para decidir entre aquecedor a gás, elétrico ou qualquer outro modelo! Preparado para um inverno quentinho?

Ainda não faz parte do Mercado Livre? Cadastre-se!