Dicas para escolher a caixa de som ideal

Não é preciso ser nenhum perito em acústica para entender a diferença que uma boa qualidade de som faz, seja assistindo a um filme em casa ou em uma festa com os amigos. Por isso, organizamos algumas dicas para você escolher a sua caixa de som.

Elas estão presentes em todos os lugares – na sala de TV, no radinho da cozinha, em sua mesa de trabalho, em festas etc. –, cada vez menores e mais potentes. As caixas de som evoluíram bastante e já é possível transportá-las com facilidade e conectá-las a diversos dispositivos via USB, internet ou bluetooth. Mas você sabe qual é o tipo mais adequado a sua necessidade?

Não importa onde elas serão usadas, é bom estar familiarizado com algumas nomenclaturas que vão lhe ajudar a compreender melhor as características de cada produto:

  • Frequência: calculada em Hz, sua variação nas faixas mínima e máxima demonstram o seu desempenho para sons graves, médios ou agudos. Por isso, ter alto-falantes específicos, dedicados a cada frequência, torna a acústica mais afinada: os subwoofers são responsáveis pelos graves, os woofers pelos médios e os tweeters são dedicados aos agudos;
  • Potência: dada a partir do conjunto entre amplificadores e caixas de som, é medida em Watts. Fique atento: ter o dobro de potência não significa ter o dobro de volume;
  • RMS (Root Mean Square): é a potência real medida pelos padrões internacionais de qualidade e, geralmente, quanto maior o valor, maior é sua capacidade de reproduzir o som em altos volumes sem distorção;
  • THD: sigla em inglês para “distorção harmônica total”, seu valor é mensurado em porcentagem e o ideal é que não ultrapasse muito mais que 1% – quanto maior o percentual, maior a chance de ruídos no áudio.

Confira as dicas e veja como escolher a melhor caixa de som

Para mergulhar na programação da TV

Quem frequenta sessões de cinema já deve ter reparado no efeito que a altura e o direcionamento de falas, barulhos e músicas causam durante o filme. Graças à tecnologia, você consegue reproduzir algo muito similar em sua própria sala. Basta escolher e instalar as caixas de acústica corretamente.

Não seja ansioso na hora da compra: considere o tamanho do acessório de acordo com o ambiente, o sistema de amplificação e a potência dos alto-falantes. Se você tem um espaço reduzido, por exemplo, caixas de som em formato torre não funcionarão muito bem. Isso não quer dizer que optar por outras menores é perda de qualidade, muito pelo contrário: uma boa caixa de duas vias, com woofer de 6 polegadas e tweeter, provavelmente tem um desempenho melhor que uma torre de quatro vias.

 

caixa de som HT

Veja uma seleção de caixas de som para o seu Home Theater

Para acompanhá-lo no computador

Na maioria dos casos, quando você compra um computador, as caixas de som que vêm junto até cumprem a sua função. Porém, se você trabalha com edição de música/vídeo ou curte games imersivos, talvez queira investir na qualidade do áudio.

Uma boa aposta é adquirir um conjunto 2.1, combinando as duas tradicionais caixinhas e um subwoofer, que vai melhorar bastante os sons graves e tornar ruídos e explosões muito mais intensos. E se quiser deixar a experiência ainda mais realista, vá com o sistema 5.1 ou de seis caixas Dolby Digital, utilizado em Home Theater – lembrando que o posicionamento correto de seus componentes é essencial para o bom resultado.

Além disso, há caixas 3D Surround que criam um efeito de profundidade no som. É bem útil para quem curte música já que, quando o recurso Surround está ativado, você tem a impressão de estar no meio de um show ao vivo.

caixa de som pc

Encontre as caixinhas de som ideais para o seu computador

Para levar a todos os lugares

Se a ideia é ter praticidade e versatilidade, vale apostar nas caixinhas de som portáteis, cada vez mais populares. Além de pequenas, leves e cada vez mais potentes, elas funcionam acopladas a MP3, tablets, notebooks ou smartphones. Nesse caso, além de levar em conta o direcionamento dos alto-falantes e a RMS, é importante avaliar outros recursos exclusivos desse tipo de caixa de som.

O primeiro deles é a duração da bateria, que costuma ser recarregável e dura de 3h a 24h dependendo do modelo. Depois, confirme a capacidade de armazenamento e se há entrada para cartão de memória, caso não queira contar com outros dispositivos na hora de ouvir música. E, claro, verifique a conectividade do produto: Bluetooth, NFC (Comunicação em Área Próxima) e/ou USB. Algumas caixas de som ainda são à prova d’água ou permitem o pareamento com outras, o que as torna ideais para a festa na praia ou na piscina.

caixa de som portatil

Confira a lista de caixas de som portáteis no Mercado Livre

Agora que você já entende um pouco mais sobre caixas de som fica mais fácil investir no que você anda ouvindo em casa, no trabalho ou em qualquer outro lugar, afinal elas já estão tão modernas que é possível levar sempre com você!

Ainda não faz parte do Mercado Livre? Cadastre-se!