O que os millennials procuram em um imóvel

Mais antenados e ansiosos para conquistar a própria independência, os millennials estão ficando adultos e aumentando a sua participação no mercado imobiliário. Conheça um pouco mais sobre essa geração e descubra o que eles buscam no momento de sair da casa dos pais para morarem sozinhos ou com seu parceiro.

Eles nasceram entre as décadas de 1980 e 1990, presenciaram a popularização da internet, a chegada das redes sociais e têm um perfil um pouco diferente das gerações anteriores. Os “millennials”, como são conhecidos, estão mais atentos à qualidade de vida, são menos apegados ao emprego e pretendem se tornar independentes, morando sozinhos até os 30 anos. Pelo menos é isso o que indicam as últimas pesquisas relacionadas ao tema.

De acordo com dados do estudo “Millennials e a Geração Nem Nem”, feito pelo Centro de Inteligência Padrão (CIP) em parceria com a empresa de pesquisa digital MindMiners e divulgado em setembro, a geração Y tende a sair da casa dos familiares entre os 15 e 25 anos. Dos que ainda não conseguiram (60%), a ideia é conquistar seu próprio espaço até os 30. Já entre os entrevistados da “Geração Nem Nem” – ou seja, que não trabalham ou estudam atualmente – esse percentual é ainda mais alto: 67% deles ainda moram com os pais

São comportamentos como esse que têm movimentado o mercado imobiliário das principais cidades brasileiras nos últimos anos. Se você faz parte dessa turma ou quer entender um pouco melhor as necessidades de seus filhos, confira as suas principais características (e exigências) na hora de encontrar um imóvel.

Saiba o que os millennials procuram em um imóvel

Querem morar sozinhos até os 30 anos

Se por um lado a geração Y é conhecida por sua vontade de viver novas experiências e ser independente, por outro, continuam precisando do auxílio financeiro de seus pais. Segundo dados do levantamento do Centro de Inteligência Padrão, 60% dos millennials moram com os familiares, 31% dividem o espaço com o cônjuge e apenas 3% moram realmente sozinho.

Dos que ainda não se desvencilharam, a maioria pretende fazê-lo até os 30 anos. Essa vontade de se mudar logo, aliada ao interesse de morar perto do trabalho ou de onde se estuda, acaba favorecendo o interesse desse grupo pelo aluguel.

Pesquise apartamentos de um dormitório para alugar no Rio de Janeiro pelo Mercado Livre

A casa própria ainda é um sonho

Por mais que os millennials sejam vistos como desprendidos na maioria dos aspectos da vida, 95% dos entrevistados na pesquisa “Millennials e a Geração Nem Nem” responderam que consideram importante possuir uma casa. Além disso, por terem crescido conectados à internet, recorrem à ferramenta para buscar opções e preços interessantes no mercado – o que vai de encontro com o aumento no número de sites e aplicativos voltados à pesquisa de imóveis. Facilidade e conectividade são palavras-chave nesse caso!

Procure os imóveis à venda e para alugar, de acordo com o seu perfil, no Mercado Livre

A escolha do lar ideal inclui outras prioridades

O millennials, assim como as gerações anteriores, não deixou de almejar a casa própria. No entanto, outros critérios passaram a ser considerados uma prioridade no momento da tomada de decisão, como a mobilidade – considerando se a região possui linhas de ônibus em abundância, acesso ao metrô e ou bicicletários, por exemplo.

Outro diferencial é a ofertas de serviços e produtos compartilhados, que oferecem benefícios e geralmente são utilizados via smartphone, tais como Uber, Melliuz e Tem Açúcar?. São detalhes que já fazem parte do cotidiano dessa nova geração e podem ser um diferencial para a escolha. Basta ver o “boom” de empreendimentos surgindo em regiões centrais, como ocorre na cidade de São Paulo.

Encontre apartamentos no centro da cidade de São Paulo para alugar

Preferência por moradias menores, flexíveis e bem localizadas

Além de uma boa localização, que lhes traz mais qualidade de vida, os millennials prezam pela economia e pela praticidade da casa. E como, geralmente, ainda não têm filhos e parte das tarefas domésticas pode ser terceirizada ou feita na área de serviço comum (como lavar as roupas, por exemplo), eles também não sentem a necessidade de muito espaço. Não à toa, a preferência são as quitinetes ou apartamentos com até um dormitório.

Veja uma seleção de apartamentos de até 85m² de área total para alugar em Belo Horizonte

Um público antenado no mercado

Para conquistar os millennials é preciso muito mais que um anúncio bonito. Graças à internet e a disseminação das informações sobre o assunto, eles estão por dentro das principais tendências do mercado e pesquisam bastante antes de fechar negócio.

As empresas do ramo imobiliário notaram a diferença de perfil e estão se esforçando para oferecer conteúdo de qualidade e opções inovadoras em seu projeto, que realmente agreguem valor ao produto ofertado. Tornar a experiência de pesquisa de imóveis mais interativa e diminuir a burocracia do processo de locação ou venda do imóvel são grandes diferenciais.

Busque apartamentos para locação diretamente com o proprietário via Mercado Livre

Por fim, um dado interessante apontado pela pesquisa “Millennials e a Geração Nem Nem” é o de que boa parte dos entrevistados da geração Y espera ter renda suficiente para levar a vida que sonhou em um prazo de dois a 10 anos. E se isso inclui ter a casa própria, é bom que o mercado imobiliário vá se preparando para se adequar aos novos consumidores. Você concorda? Já conquistou a sua casa própria?

Ainda não faz parte do Mercado Livre? Cadastre-se!