Faça você mesmo: pequenos reparos residenciais

Graças à internet e à profusão de lojas que oferecem os mais variados tipos de ferramentas, hoje em dia já é possível resolver pequenos reparos em casa por conta própria. Se você quer economizar e tem disposição para encarar o desafio, dê uma olhada no “guia de sobrevivência” que preparamos abaixo.

Mais que morar sozinho e pagar as contas, ser independente é saber lidar com os problemas que aparecem em nosso cotidiano. E quando o assunto é a manutenção da casa não faltam detalhes para ficar atento: torneira pingando, lâmpada queimada, uma parede descascando, o chuveiro que queimou e por aí vai. Confira a lista de reparos que você mesmo pode fazer e mantenha o lar em ordem, com tudo funcionando perfeitamente.

Saiba como fazer pequenos reparos residenciais por conta própria

Chuveiro queimado

Nada pior que chegar em casa cansado, após um dia de trabalho, e descobrir que a água do chuveiro não está esquentando. O fator mais provável, caso o fornecimento de energia elétrica esteja normal, é a resistência que queimou. Você pode resolver o problema apenas substituindo a peça da seguinte maneira:

  1. Desligue o disjuntor referente ao banheiro e confira se a torneira do chuveiro está fechada para, então, desenroscar a tampa e retirar a resistência;
  2. Antes de movê-la repare em sua posição, pois a nova deve ser instalada da mesma maneira;
  3. Se achar necessário, aproveite para fazer uma limpeza na câmara com uma escovinha e nos orifícios entupidos com um alfinete;
  4. A nova peça deve ser colocada levando em conta os encaixes de contato e a canaleta;
  5. Feche o recipiente com cuidado para evitar vazamento e, antes de religar a energia, deixe a água escoar fria por alguns segundos – isso faz com que a água preencha o reservatório e evita que a peça queime. Quando religar o disjuntor, use o chuveiro primeiro na posição Verão (água fria), desligue, troque a chave para Inverno (água aquecida) e ligue novamente.

Para a sua segurança, utilize calçados com sola de borracha durante a troca ou instalação do chuveiro e, quando for comprar a resistência, não esqueça que há variações de acordo com a marca e modelo do aparelho.

Encontre o modelo de resistência ideal para o seu chuveiro no Mercado Livre

Torneira pingando

Além de irritante, uma torneira desregulada é sinônimo de desperdício. Para resolvê-la, providencie um alicate, uma chave de fenda, uma chave inglesa, uma borracha vedante nova e siga as instruções:

  1. Feche o registro d’água e desenrosque o pino da torneira com o alicate;
  2. Em seguida, com a ajuda da chave de fenda, solte o parafuso interno da peça;
  3. Assim que estiver liberada, desencaixe a parte superior da torneira (ou cabeçote) com a chave inglesa ou o grifo. É aí que você encontra a borracha vedante, que possivelmente está mal encaixada ou rachada;
  4. Ajuste ou substitua a borracha vedante por uma nova e, depois, refaça a montagem da torneira – o pinga-pinga deve ter sido resolvido!

Confira uma seleção de alicates e complete sua maleta de ferramentas

Pias entupidas

Por mais que haja cuidado para a sujeira não ir pelo ralo, vez ou outra acontece de uma das pias da casa entupir. Por isso, tenha à mão um desentupidor e utilize produtos ou misturas caseiras para diluir os resíduos. Se nada disso funcionar, é preciso apelar para a retirada do sifão:

  1. Antes de mexer em qualquer item, garanta que a torneira da pia esteja fechada e prepare o espaço ao redor para qualquer sujeira que surja ao longo do processo;
  2. Feito isso, embaixo da pia, desenrosque o copo do sifão cuidadosamente;
  3. O recipiente deverá ser esvaziado e limpo com uma escovinha, se for necessário;
  4. Depois, basta recolocá-lo no lugar.

Caso o entupimento persista, contrate o serviço de um profissional. E se morar em apartamento, certifique-se de que o problema seja de sua unidade mesmo e não oriunda de algum vizinho, considerando que a tubulação é interligada.

Precisando trocar o sifão de alguma pia em casa? Confira uma lista de opções

Parede descascando

Passado um tempo, dependendo das condições de temperatura e das intempéries, é comum que alguma parede comece a apresentar imperfeições. De modo geral, você deve levar em conta os seguintes pontos:

  1. Escolha o tipo de tinta adequado à área: externa, interna, específica para banheiros ou ambientes com muita umidade;
  2. Proteja o chão e os móveis cobrindo-os com jornal ou sacos plásticos. Para interruptores, batentes e maçanetas, você pode usar papel alumínio, que é bem maleável, e fita crepe;
  3. Remova possíveis tintas secas com uma espátula e lixe a parede para alisá-la e deixar a superfície regular.
    Não esqueça de retirar o pó, caso contrário, a tinta perde aderência;
  4. Com a parede limpa, aplique a primeira demão com um rolo. Aguarde o tempo recomendado pelo fabricante da tinta escolhida e repita a pintura;
  5. Faça os retoques com o pincel, principalmente, nos cantos menos acessíveis.

Renove a pintura da sua casa, encontre os tipos de tinta que você precisa

Vá devagar, aprendendo um pouquinho de cada coisa (rede elétrica, encanamento etc.) segundo a sua necessidade e, claro, não deixe de montar um kit de ferramentas básico. Inclua um estojo de chaves de fenda, com tamanhos variados, um bom alicate universal, um martelo e uma trena. E, conforme ganhar experiência, invista em equipamentos mais elaborados como uma furadeira – extremamente útil na instalação de armários e prateleiras, por exemplo. Mãos à obra!

Ainda não faz parte do Mercado Livre? Cadastre-se!